Sessões Especiais

  13-09-2018 até 03-10-2018, no Cinema Monumental

4ª Parte: Cinema Francês - Os Grandes Mestres 1930-1960

A Leopardo Filmes irá organizar um extenso ciclo dedicado aos grandes realizadores do cinema francês dos anos 30, 40 e 50, aqueles que “alimentaram a geração da Nouvelle-Vague”, aqueles que abraçaram o cinema nas “suas expressões mais conscientes”, para usar uma expressão de Serge Daney, aqueles que “mudaram as formas” do cinema e por isso influenciaram todos os outros cineastas.

>>
  23-08-2018 até 12-09-2018, no Espaço Nimas

3ª Parte: Cinema Francês - Os Grandes Mestres 1930-1960

A Leopardo Filmes irá organizar um extenso ciclo dedicado aos grandes realizadores do cinema francês dos anos 30, 40 e 50, aqueles que “alimentaram a geração da Nouvelle-Vague”, aqueles que abraçaram o cinema nas “suas expressões mais conscientes”, para usar uma expressão de Serge Daney, aqueles que “mudaram as formas” do cinema e por isso influenciaram todos os outros cineastas.

>>
  02-08-2018 até 22-08-2018, no Espaço Nimas

2ª Parte: Cinema Francês - Os Grandes Mestres 1930-1960

Intitulado «Os Grandes Mestres 1930-60» (Os “padrinhos” da Nouvelle Vague), o ciclo procura fazer exactamente isso, enaltecer os mestres pré-Nouvelle Vague que vieram alterar a face do cinema francês para sempre. E assim, consequentemente ser-nos dada a oportunidade de nos deleitarmos na nostalgia que emana deste cinema de “escrita”, que pega no texto literário “pela cintura”, e onde é a imagem que “carrega o verbo” às costas.

>>
  02-08-2018 até 29-08-2018, no Cinema Monumental

Um Ano de Cinema(s) - Medeia Monumental

UM ANO DE CINEMA(S) está de volta à Medeia Filmes. Durante quatro semanas, de 2 a 29 de Agosto, vão ser exibidos no Cinema Medeia Monumental, em Lisboa, os filmes que conquistaram a crítica e o público e se destacaram ao longo do último ano. No total, são mais de 50 filmes que podem agora (re)ver num ciclo que vai marcar os vossos dias de Verão.

>>
  12-07-2018 até 01-08-2018, no Espaço Nimas

1ª Parte: Cinema Francês - Os Grandes Mestres 1930-1960

A Leopardo e a Medeia Filmes trazem até si um extenso ciclo (dividido em quatro partes) dedicado aos grandes realizadores do cinema francês dos anos 30, 40 e 50, aqueles que “alimentaram a geração da Nouvelle-Vague”, aqueles que abraçaram o cinema nas “suas expressões mais conscientes” e por isso influenciaram todos os outros cineastas. São 16 filmes, vários deles inéditos em sala em Portugal, essenciais para a compreensão da história do cinema francês, que agora vão ter a oportunidade de ver em versões digitais restauradas, legendadas em português.

Nesta primeira parte, destaca-se o noir americano numa Nova Iorque de sempre com Dois Homens em Manhattan, de Jean-Pierre Melville; a poesia idiossincrática que ressoa no filme de terror, imensamente europeu, de Georges Franju, Olhos Sem Rosto, um exercício de perfeita alegoria sobre uma mulher isolada com alma mas sem um rosto humano; O Crime do Sr. Lange, talvez o melhor filme de Jean Renoir e o menos conhecido do grupo de filmes do auteur realizados nos anos 30, um período vibrante e politicamente provocador; e a fluidez e perícia da câmara de Max Ophüls em Madame De…, este que filma a bela Danielle Darrieux como se pintasse uma aguarela, enquanto explora temáticas como o materialismo na sociedade, a falsa opulência e a tragédia amorosa.

>>