Chavela de Catherine Gund e Daresha Kyi
Chavela
2017 - EUA - Data de estreia: 05-04-2018

Será que Chavela se arrastou realmente para os quartos das mulheres, como Ava Gardner, durante a noite, para as roubar dos seus maridos? Será que ela se armou com uma pistola, que disparou às vezes, por diversão? E será que realmente se juntou a bebedeiras épicas com os amigos, que duravam de sexta a quarta-feira? Será que ela passou um ano a viver com Frida Kahlo, num tórrido romance?
A jornada alegre, dolorosa, musical e profundamente espiritual de Chavela Vargas para a auto-aceitação é a essência deste documentário: um retrato impressionante de uma mulher que ousou vestir, falar, cantar e sonhar a sua singular experiência de vida.

Uma balada de solidão como um hino, em tons alegres de provocação. The Hollywood Reporter

Nunca esperei – nem acho que se deva esperar – que o amor resolva problemas. Chavela Vargas

 

Festivais e Prémios:

67º Berlinale – Festival Internacional de Berlim – Secção Panorama Dokumente

Biografia do realizador:

Catherine Bund, a fundadora e directora da Aubin Pictures, é uma produtora, realizadora, escritora e activista Americana. O seu trabalho multimédia foca-se em temas como a transformação social, artes e cultura, saúde reprodutiva, e o ambiente. Os filmes dela – que incluem Chavela (2017) e Dispatches from Cleveland (2017) – foram exibidos um pouco por todo o mundo.

Daresha Kyi é a galardoada realizadora e produtora de televisão Americana. Após ter ingressado na Tisch School of Arts de Nova Iorque, venceu uma bolsa da TriStar Pictures para participar no Programa de Realizadores do Instituto Americano de Cinema (AFI), com a qual realizou, produziu e escreveu Land Where My Fathers Died (1991) com Isaiah Washington, o filme que potenciou a sua carreira.

Horários:
Info:

Género: Documentário
Duração: 1h 30min
Classificação: M/12