Madame de... de Max Ophüls
Madame de...
1953 - França, Itália - Data de estreia: 12-07-2018
Com: Charles Boyer, Danielle Darrieux, Vittorio de Sica, Jean Debucourt, Jean Galland, Mireille Perrey, Paul Azais, Josselin, Hubert Noel, Lia Di Leo.

Na Paris do final do século XIX, Louise, mulher de um general, vende os brincos que o seu marido lhe deu como prenda de casamento: ela precisa de dinheiro para saldar as suas dívidas. O general volta a comprar os brincos em segredo para os dar à sua amante, Lola, quando esta está prestes a ir para Constantinopla, onde um diplomata Italiano, Barão Donati, os compra. De volta a Paris, Donati conhece Louise…e é então que Louise descobre o amor e se torna menos frívola.

Folha de Sala

Biografia do realizador:

Max Ophüls nasceu Max Oppenheimer em Sarrebrück, na Alemanha. A sua carreira só se inicia como realizador com a chegada do cinema sonoro em filmes muito pouco conhecidos. A consagração chegou, enfim, com “A Ronda” (1950), obra que suscitou inúmeros problemas com a censura. Mais dois filmes excepcionais - “O Prazer” (1952) e “Madame De…” (1953), e finalmente a encomenda do primeiro filme francês em Cinemascope. Definido por François Truffaut como um «cineasta balzaquiano», «o nosso cineasta de cabeceira», outros acentuam o lado mozartiano de uma obra tocada pelo mistério das coisas imponderáveis. Ophüls é, no entanto, e ainda, um cineasta a descobrir pelo conjunto da sua obra e não apenas pelos seus filmes finais.

Info:

Género: Drama
Duração: 105 min
Classificação: M/12

Ficha Técnica:

Realização – Max Ophüls
Argumento – Marcel Achard, Max Ophüls, Annette Wademant, baseado no romance de Louise de Vilmorin
Diálogos – Christian Matras
Direcção de Fotografia – Philippe Agostini, Christian Matras
Montagem – Borys Lewin
Música – Oscar Straus, Georges Van Parys
Uma Produção Franco London Films, Indusfilms
Produtor – Ralph Baum