O Tempo Reencontrado de Raúl Ruiz
Les temps retrouvé
Com: Catherine Deneuve, Emmanuelle Béart, John Malkovich, Vincent Pérez

O filme retrata os últimos dias de Marcel Proust no seu pequeno apartamento da rua Hamelin. As fotografias que o acompanham no leito de morte estão sobre a mesa de cabeceira e reavivam-lhe a memória. Um milhão de histórias passadas voltam, alternando as alegrias perdidas da sua infância com os tempos difíceis da guerra e as suas mais recentes aventuras sociais e literárias. A sua vida, isto é, a sua obra e as personagens fundem-se com a ficção que, pouco a pouco, toma conta da realidade.

Biografia do realizador:

Natural do Chile, Raúl Ruiz nasceu a 25 de Julho de 1941 e viveu radicado em Paris desde a década de 70, após o golpe de Augusto Pinochet. Fez parte de uma geração de cineastas chilenos politicamente comprometidos, como Miguel Littín e Helvio Soto. Mas aos poucos foi sendo considerado um autor distinto, que criava filmes cada vez mais criativos, surrealistas, irónicos e experimentais. É, por muitos, considerado o cineasta chileno mais importante da história, amante de muitas artes, adaptou para o cinema uma das maiores figuras da literatura mundial, Marcel Proust, em “O Tempo Reencontrado” ou Jean Giono, em “As Almas Fortes”, Franz Kafka, em “La Colonia Penal” ou Camilo Castelo Branco, em “Mistérios de Lisboa”. Notabilizando-se com obras que cruzam outras esferas artísticas, Ruiz deu também vida a um dos pintores mais excêntricos do séc. XIX.

 

Horários:
Info:

Género: Drama
Duração: 162 min
Classificação: M/12