Os Belos Dias de Aranjuez de Wim Wenders
Les beaux jours d'Aranjuez
2016 - França - Data de estreia: 15-12-2016
Com: Reda Kateb, Sophie Semin, Jens Harzer, Nick Cave (Performance especial)

Um belo dia de Verão. Um jardim. Um terraço. Uma mulher e um homem debaixo das árvores, com uma suave brisa de Verão. Ao longe, na vasta planície, a silhueta de Paris.

Uma conversa tem início: perguntas e respostas entre a mulher e o homem. Fala-se de experiências sexuais, infância, memórias, a essência do Verão e a diferença entre homens e mulheres, fala-se da perspectiva feminina e da percepção masculina.

Em fundo, dentro da casa que se abre para o terraço, para a mulher e o homem: o escritor, no processo de imaginar este diálogo e de o escrever. Ou será ao contrário? Será que aquelas duas personagens, lá fora, lhe estão a dizer aquilo que ele coloca no papel: um diálogo longo e final entre um homem e uma mulher?

“Espectáculo vibrantemente sensual.”
Vasco Câmara, Público

“Uma envolvente conversa dupla, na qual o diálogo entre um homem e uma mulher suscita um devaneio sobre o amor, a liberdade e a beleza.” Piers Handling, Festival de Toronto

“OS BELOS DIAS DE ARANJUEZ tem a perfeição de um dia de Verão.” Transfuge Magazine ★★★★★

Festivais e Prémios:

Festival de Veneza - Em Competição
Festival de Toronto - Selecção Oficial

Biografia do realizador:

Wim Wenders é um dos principais autores do Novo Cinema Alemão dos anos setenta. Com o filme “O Amigo Americano” (1977) conquistou o reconhecimento internacional, e com “Paris, Texas” (1984) venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes. “As Asas do Desejo”, de 1987, trouxe-lhe o prémio de Melhor Realizador em Cannes e tornou-se no seu maior sucesso. Desde 1990, Wenders descreve-se como um cineasta da não ficção, realizando vários documentários aclamados pelo público, como “Buena Vista Social Club” (1999) e “Pina” (2011), ambos nomeados para os Óscares. “Os Belos Dias de Aranjuez” teve a sua estreia mundial no Festival de Veneza, em Competição, continuando um percurso pelos festivais internacionais de cinema no Festival de Toronto e no Festival do Rio.

Info:

Género: Drama
Duração: 1h 37min
Classificação: M/12

Ficha Técnica:

Realização - Wim Wenders
Argumento - Wim Wenders
A partir de um romance de - Peter Handke
Director de Fotografia - Benoît Debie
Som - Pierre Tucat, Ansgar Frerich
Assistente de Realização - Leocadie Handke
Estereografia - Joséphine Derobe
Montagem - Béatrice Babin
Cenários - Virginie Hernvann, Thierry Flamand
Guarda Roupa - Judy Shrewsbury
Direcção de Produção - Thierry Cretagne
Produtor - Paulo Branco, Gian-Piero Ringel
uma co-produção - Alfama Films Production e Neue Road Movies
em associação com - Leopardo Filmes
com a participação - CNC, FFA, Medienboard, Film- und Medienstiftung NRW, RTP