Solaris de Andrei Tarkovsky
Solyaris
1972 - Federação Russa - Data de estreia: 11-02-2016
Com: Natalya Bondarchuk, Donatas Banionis, Jüri Järvet, Vladislav Dvorzhetskiy

Os três últimos residentes da estação espacial Solaris têm enviado misteriosas comunicações ao controlo terrestre. Quando o astronauta e psicólogo Kris Kelvin é enviado para investigar o fenómeno, começa a sentir os mesmos sintomas estranhos que afligem os tripulantes da estação, atirando-o para uma viagem até aos mais sombrios recantos do seu consciente.

Festivais e Prémios:

Festival de Cannes 1972 – Grande Prémio do Júri, Prémio FIPRESCI

Biografia do realizador:

Andrei Tarkovsky (1932-1986) realizou sete longas-metragens que o afirmaram num dos mais importantes realizadores da história do cinema. O seu legado é tal que instituiu uma linguagem e estéticas próprias. Estudou realização em Moscovo, onde realizou o seu primeiro filme, a média-metragem "O Rolo Compressor e o Violino". A sua primeira longa-metragem foi "A Infância de Ivan", que venceu o Leão de Ouro no Festival de Veneza e o afirmou como realizador de referência, estatuto que confirmou ao longo da sua distinta carreira, com filmes como "Andrei Rublev", "Solaris" ou "Nostalgia". 

Info:

Género: Drama
Duração: 167 min
Classificação: M/12

Ficha Técnica:

Realização - Andrei Tarkovsky
Argumento - Stanislaw Lem, Fridrikh Gorenshteyn, Andrei Tarkovsky
Director de Fotografia - Vadim Yusov
Montagem - Lyudmila Feyginova, Nina Marcus