23-04-2018

Antestreia de MARIA BY CALLAS – 23 Abril

Segunda-feira, dia 23 de Abril, MARIA BY CALLAS, de Tom Volf, “um documentário maravilhoso. A valiosa perspectiva de Maria, em primeira mão.” (Corriere della Sera), será exibido em antestreia no Espaço Nimas, em Lisboa às 21h30.

  18-04-2018

FREEDOM TO MOVE. Os filmes de Wim Wenders

O “olhar” sobre aquilo que está ali, frente à câmara, à nossa frente, à espera que o possamos descobrir, mais do que o “encenar”, do que o “transformar”, foi sempre o que mais fascinou Wenders na realização. E, como ele próprio refere, as suas histórias começam sempres com imagens: “lugares, cidades, paisagens, ruas”. Diz o realizador: “Quando visito, por exemplo, uma cidade, começo logo a perguntar o que se poderia lá passar; acontece-me algo de semelhante com um edifício […]: olho pela janela, chove fortemente e um carro pára diante do hotel. Alguém sai e olha em seu redor. A pessoa desce depois a rua sem um guarda-chuva, embora continue a chover. Começa, então, logo uma história na minha cabeça, pois gostaria de saber para onde é que vai a personagem e como é a rua que ela agora toma.»

  13-04-2018

Amor & Intimidade – Sessão: O Coração Fantasma

O ciclo comentado Amor & Intimidade continua no próximo dia 18 de Abril, quarta-feira, pelas 19h15 no Espaço Nimas em Lisboa, com a exibição de O Coração Fantasma (1996) de Philippe Garrel.
A sessão contará com um debate entre Ana Isabel Strindberg (programadora) e Manuel Villaverde Cabral (sociólogo e historiador); a moderação será de Sabrina D. Marques, uma das curadoras deste ciclo.

  12-04-2018

MARIA BY CALLAS, sobre a icónica cantora de ópera, estreia-se a 26 de Abril

O requintado documentário do jovem realizador e fotógrafo Tom Volf, MARIA BY CALLAS, dedicado à icónica cantora de ópera e mais tarde actriz Maria Callas, chegará em exclusivo às salas Espaço Nimas (Lisboa) e Teatro Campo Alegre (Porto), no próximo dia 26 de Abril.

  05-04-2018

RUTH, a primeira obra de António Pinhão Botelho, estreia-se a 3 de Maio

“1960. O caso que abalou Portugal” é o mote de RUTH, um retrato da sociedade portuguesa metropolitana e ultramarina no início da década de 60, no qual um jovem Eusébio da Silva Ferreira protagoniza o episódio que faria dele um dos maiores ícones da cultura e desporto portugueses.