11-09-2018

Antestreia - BOOM FOR REAL: A Adolescência Tardia de Jean-Michel Basquiat - 12 de Setembro, no Cinema Monumental

A Leopardo Filmes apresenta: BOOM FOR REAL: A Adolescência Tardia de Jean-Michel Basquiat, o mais recente filme de Sara Driver, um empolgante documentário que retrata a vida de Basquiat antes de ser Basquiat, numa Nova-Iorque estrepitante, em plena mutação cultural onde vemos desfilar Lou Reed e os Velvet Underground, o realizador Jim Jarmush, o escritor de Naked Lunch, William Burroughs, o saxofonista John Lurie e The Lounge Lizards, a fotógrafa Nan Goldin, o escritor Luc Sante, o extravagante contra-tenor alemão, Klaus Nomi, o artista Joseph Beuys, Andy Warhol, entre outros maiores da cena nova-iorquina dos finais da década de 70, inícios de 80.) Um work-in-progress acerca de um dos mais importantes artistas americanos do século XX, conhecido pelas suas obras neo-expressionistas e pelo graffiti.

  24-08-2018

Cinema Francês - Os Grandes Mestres 1930-1960 no Teatro Campo Alegre

A nova temporada de cinema do Teatro Campo Alegre promete ser forte. Durante 40 dias (de 1 de Setembro a 10 de Outubro), assistiremos a um extenso ciclo dedicado aos grandes realizadores do cinema francês dos anos 30, 40 e 50, aqueles que “alimentaram a geração da Nouvelle-Vague”, aqueles que abraçaram o cinema nas “suas expressões mais conscientes”, para usar uma expressão de Serge Daney, aqueles que “mudaram as formas” do cinema e por isso influenciaram todos os outros cineastas.

  22-08-2018

3ª Parte: CINEMA FRANCÊS – CICLO «OS GRANDES MESTRES 1930-60» chega ao Espaço Nimas a 23 de Agosto

De 23 de Agosto a 12 de Setembro iniciamos a 3ª parte do Ciclo de Cinema Francês: «Os Grandes Mestres 1930-60» (Os “padrinhos” da Nouvelle Vague), no Espaço Nimas. Sasha Guitry, Jacques Becker, Jean Cocteau, Robert Bresson são os quatro realizadores que compõem esta terceira secção do Ciclo.

  14-08-2018

O CADERNO NEGRO, de Valeria Sarmiento, integra a selecção oficial do TIFF - Festival Internacional de Cinema de Toronto

A mais recente produção de Paulo Branco, O CADERNO NEGRO, de Valeria Sarmiento, acaba de ser confirmada no TIFF - Festival Internacional de Cinema de Toronto, no Canadá. Depois de ter sido anunciado para competição no Festival de San Sebastián (a única produção portuguesa em competição num Festival de categoria A, este ano), O CADERNO NEGRO é de novo escolhido para a Selecção Oficial de um dos maiores Festivais de Cinema do mundo. Sendo também o único filme português presente este ano.

  07-08-2018

Fomos ao cinema com o escritor Paulo José Miranda

OS FACTOS SÃO LENDAS – A MULHER DO PADEIRO, DE MARCEL PAGNOL

Os factos são lendas. E isso fica muito claro neste filme. Se nos ativermos à história, ela é muito simples: numa aldeia do interior de França, a mulher de um padeiro, muito mais nova do que ele – ela poderia ser sua filha –, deixa-o por um homem mais novo e ele não faz mais pão.