11-10-2018

Programa Especial HAPPY HOUR: HORA FELIZ (Partes 1,2 e 3)

HAPPY HOUR: HORA FELIZ, de Ryusuke Hamaguchi do início ao fim.
Sábados e Domingos, no Espaço Nimas.

Consulte a programação completa aqui.

  08-10-2018

A festa do cinema está a chegar

Como acontece todos anos, nos dias 22, 23 e 24 de Outubro, os cinemas Medeia associam-se a esta grande iniciativa: durante 3 dias, em todos os nossos cinemas*, bilhetes a 2,50€ para todas as sessões.

* excepto no Centro de Artes da Figueira da Foz

  02-10-2018

Conversa à pala de Walsh, HAPPY HOUR: HORA FELIZ - 13 de Outubro, às 21h45, Espaço Nimas

HAPPY HOUR: HORA FELIZ, o tríptico japonês, aclamado pela crítica, estreia em exclusivo pela Leopardo Filmes.  Dividido em três partes, este épico moderno de Ryusuke Hamaguchi deixa a sua marca indelével pela forma profunda e rica como aborda questões como a do desencantamento amoroso e as ressonâncias da amizade na narrativa do quotidiano feminino. Quatro mulheres, três casadas, uma divorciada – ou assim parece ser. Um caso de divórcio difícil, um desaparecimento, muita intriga. Uma obra de cinema moderno, de estilo rigoroso, detalhado e meditativo, atravessando personagens, lugares e o próprio espaço da ilusão das relações humanas, lembrando o cromatismo afectivo do Destino de um Mizoguchi, a mística feminina de um Ozu, a simplicidade fluida de um Kore-eda ou a forma exaustiva no tratamento dos diálogos de um Rohmer, esta longa-metragem de cinco horas e um quarto, que é já um sucesso em França, é um coup de coeur onde Hamaguchi ganha cada fracção do nosso tempo que parece imergir pela vividez e frescura da narrativa. 

Nesta sessão contamos com a presença dos walshianos Inês N. Lourenço, Luís Mendonça e Miguel Patrício, que falarão sobre o filme.

  02-10-2018

Última Oportunidade: Cinema Francês - Os Grandes Mestres 1930-1960

O meu pai tinha razão: dois homens em Manhattan, depois o crime do Sr. Langue. Veneno? Uma misteriosa Madame de... olhos sem rosto, um carteirista. Depois aquela loura, o prazer, Helena e os homens no french can-can com a mulher do padeiro e a filha do poceiro... O último golpe!

ÚLTIMA OPORTUNIDADE
Ciclo de cinema Francês: Os Grandes Mestres (1930-60, "Os padrinhos" da Nouvelle Vague)
04 Out. a 17 de Out. no Cinema Monumental

  27-09-2018

Antestreia: O CADERNO NEGRO de Valeria Sarmiento - 8 de Outubro às 21h30

O Caderno Negro, a mais recente produção de Paulo Branco (co-produção Leopardo Filmes e Alfama Films) é a nova longa-metragem da realizadora chilena Valeria Sarmiento. Filmado na mágica vila de Sintra e em Lisboa, esta espécie de prequela de Os Mistérios de Lisboa, conta a intrigante história do singular par formado por um pequeno órfão, de origens misteriosas, e da sua jovem ama italiana. O argumento, adaptado do romance de Camilo Castelo Branco, é de Carlos Saboga.