22-05-2019

Rever Sérgio Tréfaut: VIAGEM A PORTUGAL

Numa sessão em que o realizador e actores conversarão com o público, a Medeia Filmes apresenta, dia 26 de Maio, VIAGEM A PORTUGAL (2011), a primeira longa-metragem de ficção de Sérgio Tréfaut, com interpretações sublimes de Maria de Medeiros e Isabel Ruth.

  22-05-2019

Antestreia para o público: A ANGÚSTIA DO GUARDA-REDES NO MOMENTO DO PENALTY

Foi na obra homónima de Peter Handke que Wim Wenders se baseou para realizar e, juntamente com o autor, escrever o guião do filme A ANGÚSTIA DO GUARDA-REDES NO MOMENTO DO PENALTY. Vencedor do prémio FIPRESCI do Festival de Veneza em 1972, uma nova cópia restaurada do mítico filme de 1972 - a primeira de muitas colaborações do cineasta alemão e do escritor austríaco - tem antestreia marcada para dia 25 de Maio (21H30, Cinema Medeia Monumental).

  22-05-2019

Tributo a Paul Newman: A VIDA É UM JOGO de Robert Rossen

A encerrar a programação dos Fins-de-semana no Monumental de Maio está o filme A VIDA É UM JOGO, de Robert Rossen.
O filme é uma adaptação do romance homónimo de Walter Tevis e ganhou dois dos oito Óscares para os quais foi nomeado - um para Eugen Schüfftan pelo seu trabalho de fotografia a preto e branco e outro para Harry Horner e Gene Callahan pela direcção artística. Paul Newman recebeu a nomeação para o Óscar de melhor actor pela sua interpretação do papel do jogador de "snooker" Eddie Felson. Para ver a 26 de Maio, às 21H00.

  15-05-2019

Jean-Claude Brisseau Homenageado nos Fins-de-Semana do Cinema Monumental

Jean-Claude Brisseau (1944-2019), autor de uma distinta obra no panorama do cinema francês, “romântica e erótica, filosófica e sensual”, entre o melodrama ou o cinema comprometido, irrigada pelo surreal e pelo fantástico (“Eu creio que há coisas por detrás das coisas. E é isso que o cinema deve mostrar”, dizia ele numa das suas últimas entrevistas), faleceu no último sábado.

A Leopardo Filmes e a Medeia Filmes, que de há anos a esta parte têm acompanhado a sua obra e distribuído e exibido os seus filmes [fomos o primeiro país a estrear, no ano passado, o último deles, Que o Diabo nos Carregue (2017)] vão prestar homenagem, nos fins-de-semana do Monumental do mês de Junho, a este cineasta singular, un garçon de nulle part, como lhe chamava o Le Monde no seu obituário, em referência ao título de um dos seus últimos filmes, que viria a ganhar o Leopardo de Ouro em Locarno. Um rapaz aparecido, subitamente, de parte nenhuma, que, vindo de um meio modesto, seria “descoberto”, num pequeno festival de cinema amador, por Eric Rohmer, que lhe abriria outras portas.

  15-05-2019

Colecção Cinema Francês – Volume III - JÁ À VENDA!

Volume III da Colecção Cinema Francês dá-nos a oportunidade de ver e rever Max Ophüls Jacques Becker, com 4 obras primas em versões digitais restauradas: MADAME DE…  e O PRAZER de Max Ophüls e AQUELA LOURA e O ÚLTIMO GOLPE de Jacques Becker.

Mais informação...