25-05-2018

Amor & Intimidade – Sessão: O Medo

O ciclo comentado Amor & Intimidade continua no próximo dia 30 de Maio, quarta-feira, às 19h no Espaço Nimas em Lisboa, com a exibição de O Medo (1954), de Roberto Rossellini. A sessão contará com um debate entre João Botelho (realizador) e Luana Cunha Ferreira (psicóloga clínica e professora auxiliar da Universidade de Lisboa); a moderação será de Mariana Marin Gaspar, uma das curadoras deste ciclo.

  21-05-2018

PRIMAVERA TARDIA — (Re) Visitação do Cinema Japonês

Um ciclo de cinema por ocasião do lançamento das caixas DVD de Kenji Mizoguchi (9 de Junho) e Yasujiro Ozu, da estreia de Esplendor, o novo filme de Naomi Kawase (14 de Junho), e da reposição, em cópia digital restaurada, dos filmes Primavera Tardia, de Yasujiro Ozu (28 de Junho) e Contos Cruéis da Juventude, de Nagisa Oshima (5 de Julho).

  14-05-2018

O SEGREDO DA CÂMARA ESCURA, um filme exclusivo Medeia Filmes, estreia-se a 17 de maio

O SEGREDO DA CÂMARA ESCURA, o primeiro filme do talentoso Kiyoshi Kurosawa, o realizador japonês conhecido pelas suas adoráveis histórias de fantasmas (PULSE, RUMO À OUTRA MARGEM), fora do seu país de origem, falado em francês e rodado com uma equipa técnica europeia, é exclusivo Medeia Filmes e tem estreia marcada para 17 de Maio, no Espaço Nimas (Lisboa), e para 24 de Maio, no Teatro Municipal Campo Alegre (Porto).

  08-05-2018

ROSAS DE ERMERA de Luís Filipe Rocha – Lançamento em DVD

Em ROSAS DE ERMERA, Luís Filipe Rocha parte das memórias de Maria e João Afonso, ancoradas em cartas e fotografias, para contar um episódio de separação da família Afonso dos Santos em 1939 em Moçambique. Os pais e a filha mais nova partem para Timor-Leste, por razões profissionais, e os dois irmãos, João e José (Zeca Afonso) viajam para Coimbra, para continuarem os estudos.

  06-05-2018

Sessão Especial: PARTE DE COISA NENHUMA, documentário de Alex Wiczor

No próximo domingo, 6 de Maio, às 17h, no Espaço Nimas, será exibido PARTE DE COISA NENHUMA, um documentário de ALEX WICZOR, com coreografia e direcção artística de Diana Seabra (coreógrafa de Sublime Dance Company). Pós-projecção, haverá uma conversa com Luísa Roubaud e Ana Rita Barata, e uma pequena performance com Olsi Gjeçi, Nuno Cabral e Giovanni Barbieri.