Chile, 1976

de Manuela Martelli

com Aline Küppenheim, Nicolás Sepúlveda, Hugo Medina

  • Chile, 1976 | 
  • 1h 35min | 
  • M/12 | 
  • 2023 | 
  • estreia 18.05.2023

sinopse

É com um objecto ambivalente, entre a ambiência plácida e uma visceralidade inquietante, que a chilena Manuela Martelli faz a sua estreia na longa-metragem, fincando os pés atrás da câmara depois de uma já notável carreira de actriz. Dirige a brilhante Aline Küppenheim no papel de Carmen, uma mulher casada e bem estabelecida que, em visita à sua casa de Verão, se vê arrastada para a luta política quando o padre local lhe pede ajuda a cuidar de um resistente ferido. Um drama conjugal tépido transforma-se em thriller político, arrepiante na contraposição do conforto conformista com o terror da oposição ao regime de Pinochet, no Chile de 1976.

  • 2023 | 
  • Drama  | 
  • Longa-metragem | 
  • 1h 35min | 
  • M/12 | 
  • Chile, Argentina, Qatar

estreia 18.05.2023

festivais e prémios

Festival de Cannes 2022 – Quinzaine des Cinéastes

crítica e imprensa

  • Um filme poderoso e magnífico.

    • La Septième Obsession - Maryline Alligier
  • Por pequenos toques sucessivos, aparece realmente o negrume da capa que obscureceu o Chile. Como se a lata de tinta do início do filme escurecesse assim que se mistura com o desespero...

    • Le Figaro - Olivier Delcroix
  • Chile, 1976, o magistral primeiro filme da chilena Manuela Martelli, acrescenta assim a sua pedra ao memorial construído pelo cinema latino-americano [...]

    • Libération - Elisabeth Franck-Dumas

ficha técnica

Realização Manuela Martelli

Argumento Manuela Martelli, Alejandra Moffat

Director de Fotografia Yarará Rodríguez, A.D.F. 

Montagem Camila Mercadal 

Produtora Cinestación, Wood Producciones, Magma Cine 

Distribuição Leopardo Filmes