Don Juan

de Serge Bozon

com Tahar Rahim, Virginie Efira, Alain Chamfort, Damien Chapelle

  • Don Juan | 
  • 1h 40min | 
  • M/14 | 
  • 2022 | 
  • estreia 14.09.2023

sinopse

Rejeitado no dia do casamento, Laurent, um actor de teatro que encarna o famoso sedutor Don Juan, não consegue deixar de ver a sua ex-noiva em todas as mulheres que conhece. Decidido a reparar o seu coração partido e a alimentar o seu ego pisado, tentará seduzir todas, mas nenhuma parece receptiva aos seus elaborados (e musicais) avanços. Enquanto isso, no teatro, a co-protagonista demite-se e a produção traz a ex-noiva de Laurent para a substituir.

  • 2022 | 
  • Drama | 
  • Longa-metragem | 
  • 1h 40min | 
  • M/14 | 
  • França

estreia 14.09.2023

festivais e prémios

Festival de Cannes 2022 – Selecção Oficial, Cannes Première

crítica e imprensa

  • Serge Bozon revisita o mito numa comédia musical muito elegante à beira-mar.

    • Voici (Lola Sciamma)
  • Grande filme sobre o abandono, posto à prova pela representação e pelos sentimentos, através da figura de um Don Juan mal-amado.

    • Bande à part (Benoit Basirico)
  • Em contramão, DON JUAN é de certa forma uma não-comédia do não-recasamento, cuja melancolia se desdobra pelas correntes contraditórias da sua singular poética, ao mesmo tempo seca e sentimental.

    • Cahiers du Cinéma (Marcos Uzal)
  • O cineasta francês ilumina e transfere a sua habitual excentricidade para papéis secundários e contém-na em pequenos gestos coreografados que dão ao todo um movimento de dança elegíaca de beleza sincera.

    • Les Inrockuptibles (Marilou Duponchel)

ficha técnica

Tahar Rahim, Virginie Efira, Alain Chamfort, Damien Chapelle, Jehnny Beth, Louise Ribière, Colline Libon


Realização Serge Bozon 

Argumento Axelle Ropert, Serge Bozon
Director de Fotografia Sébastien Buchmann (AFC) 

Montagem François Quiqueré 

Produtora Les Films Pélléas 

Distribuição Leopardo Filmes