Levante

de Lillah Halla

com Ayomi Domenica, Loro Bardot, Grace Passô, Gláucia Vandeveld

  • Levante | 
  • 1h 39min | 
  • 2023 | 
  • estreia 14.03.2024

sinopse

Nas vésperas de um campeonato de vólei decisivo para o seu futuro como atleta, Sofía, de 17 anos, descobre uma gravidez indesejada. Na tentativa de interrompê-la clandestinamente, acaba por se tornar alvo de um grupo fundamentalista determinado a impedi-la de levar a cabo o procedimento – mas nem Sofía nem aqueles que a amam estão dispostos a render-se perante o fervor cego da turba. Retrato da juventude fervorosa e progressista de um Brasil cujos sectores conservadores ainda detêm poder sobre os corpos das mulheres, Levante conquistou um prémio FIPRESCI em Cannes “pelas suas interpretações convincentes, a sua montagem vibrante, música envolvente e narrativa emocionante (...) afirmando que os direitos reprodutivos são direitos humanos”.

  • 2023 | 
  • Longa-metragem | 
  • 1h 39min | 
  • Brasil, Uruguai, França

estreia 14.03.2024

festivais e prémios

Festival de Cannes 2023: Semana da Crítica, Prémio FIPRESCI para Melhor Primeira Longa nas Secções Paralelas

IFFR – Festival Internacional de Cinema de Roterdão: Prémio da Juventude 
Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano 2023: Prémio Melhor Primeiro Filme 
Festival du Nouveau Cinéma de Montréal: Prémio Fierté para Melhor Filme LGBTQ 
LEFFEST 2023: Selecção Oficial – Descobertas


crítica e imprensa

  • Filme social furiosamente contemporâneo, Levante apresenta-nos uma juventude queer vibrante, solidária e unida nos risos e nos silêncios, no desespero e na revolta. (…) Levante é catapultado pela actuação da actriz Ayomi Domenica, deslumbrante, tão feroz e solar quanto terna e vulnerável.

    • Bande à Part (Mary Noelle Dana)
  • A força do filme reside em grande parte na escolha das suas actrizes, que exalam uma energia, uma combatividade e sobretudo uma frescura impressionantes.

    • Transfuge (Séverine Danflous)
  • Comprometido, luminoso, vibrante.

    • Ouest France (T.C.)
  • Raramente um filme mostrou tão bem as consequências concretas das leis repressivas no Brasil de Jair Bolsonaro, no poder entre 2019 e 2022. (…) Uma primeira longa-metragem onde a revolta colectiva rompe com os espartilhos.

    • L’Humanité (Sophie Joubert)

biografia do realizador

Lillah Halla (n. 1981) é uma cineasta brasileira formada pela EICTV – Escola Internacional de Cinema e Televisão, em Cuba. A sua curta-metragem Menarca (2020) foi apresentada na Semana da Crítica do Festival de Cannes, onde foi aclamada pela crítica, e premiada nos festivais de Tirana, Toulouse, Kurzfilmtage Winterthur e Curta Cinema. A sua primeira longa-metragem, Levante (2023), voltou a ser apresentada na Semana da Crítica de Cannes, onde foi galardoada com um Prémio FIPRESCI.


ficha técnica

Ayomi Domenica, Loro Bardot, Grace Passô, Gláucia Vandeveld, Rômulo Braga


Argumento: Maria Elena Morán, Lillah Halla
Direcção de Fotografia: Wilssa Esser
Produção: Clarissa Guarilha, Rafaella Costa, Louise Bellicaud, Claire Charles-Gervais
Distribuição: Leopardo Filmes


próximas datas

Lisboa
  1. 14.03.2024
    quinta-feira
    • 19:30
  1. 15.03.2024
    sexta-feira
    • 22:00
  1. 16.03.2024
    sábado
    • 17:15
  1. 17.03.2024
    domingo
    • 14:15
  1. 18.03.2024
    segunda-feira
    • 17:00
  1. 19.03.2024
    terça-feira
    • 21:30 *
    Com conversa
  1. 20.03.2024
    quarta-feira
    • 12:30