Priscilla

de Sofia Coppola

com Cailee Spaeny, Jacob Elordi, Dagmara Dominczyk

  • Priscilla | 
  • 1h 53min | 
  • M/14 | 
  • 2023 | 
  • estreia 07.03.2024

sinopse

Quando a jovem Priscilla Beaulieu conhece Elvis Presley numa festa, ainda não antecipa o lugar que a estrela mítica do rock-and-roll ocupará na sua vida íntima: uma paixão emocionante, um aliado na solidão, um melhor amigo vulnerável. Através dos olhos de Priscilla, Sofia Coppola narra o lado menos conhecido de um grande mito americano e traça um retrato profundamente comovente, arrebatador e detalhado de uma história de amor, fantasia e fama. Inspirando-se no livro de memórias de Priscilla Presley, a realizadora procurou examinar “o modo como Priscilla se torna quem é e o que significa ser mulher para ela e para a geração seguinte. Ela vive muitas das mesmas experiências que todas as jovens mulheres vivem ao longo do processo de entrar na idade adulta, mas num ambiente grandioso e invulgar. A história de Priscilla é, simultaneamente, única e extraordinariamente familiar".

  • 2023 | 
  • Longa-metragem | 
  • 1h 53min | 
  • M/14 | 
  • EUA, Itália

estreia 07.03.2024

festivais e prémios

Festival de Veneza – Selecção Oficial em Competição

LEFFEST – Lisboa Film Festival – Selecção Oficial – Fora de Competição

biografia do realizador

Nascida em 1971, em Nova Iorque, Sofia Coppola é uma aclamada realizadora, argumentista e actriz, conhecida pelas suas narrativas íntimas e envolventes. Estreou-se na realização com As Virgens Suicidas (1999), uma adaptação assombrosa e visualmente arrebatadora do romance de Jeffrey Eugenides, que apresenta alguns dos motivos que viriam a caracterizar a obra da cineasta: a imagética onírica, quase espectral, a vida interior de personagens femininas, e as complexidades da adolescência. Em 2003, realizou o amplamente aclamado Lost in Translation – O Amor É um Lugar Estranho, vencedor do Óscar de Melhor Argumento Original, seguido de Marie Antoinette (2006), nomeado para os Óscares, os BAFTA e Cannes, e Somewhere – Algures (2010), que conquistou o Leão de Ouro no Festival de Veneza.


Coppola colabora frequentemente com actores como Kirsten Dunst e Bill Murray, que registam nos seus filmes algumas das suas interpretações mais memoráveis, e o seu trabalho caracteriza-se por um olhar atento ao detalhe que dialoga com atmosferas etéreas e melancólicas. A sua capacidade de criar mundos imersivos e comoventes, combinada com a sua sensibilidade estética única, tornaram-na uma das cineastas mais respeitadas e influentes da sua geração.

ficha técnica

Cailee Spaeny, Jacob Elordi, Dagmara Dominczyk


Argumento: Sofia Coppola

Direcção de Fotografia: Philippe Le Sourd

Produção: Lorenzo Mieli, Sofia Coppola, Youree Henley

próximas datas

Lisboa
  1. 07.03.2024
    quinta-feira
    • 19:00
  1. 08.03.2024
    sexta-feira
    • 21:30
  1. 09.03.2024
    sábado
    • 21:30
  1. 10.03.2024
    domingo
    • 17:00
  1. 11.03.2024
    segunda-feira
    • 19:00
  1. 12.03.2024
    terça-feira
    • 21:30
  1. 13.03.2024
    quarta-feira
    • 13:00
  1. 15.03.2024
    sexta-feira
    • 19:30
  1. 16.03.2024
    sábado
    • 19:15
  1. 18.03.2024
    segunda-feira
    • 21:30
  1. 20.03.2024
    quarta-feira
    • 14:30