ASTEROID CITY, de Wes Anderson, chega em estreia às salas de cinema Medeia

ASTEROID CITY, o último filme de Wes Anderson, em estreia nacional esta semana, tem múltiplas exibições marcadas para as salas de cinema Medeia.

Uma convenção de jovens cientistas e inventores é espectacularmente perturbada por acontecimentos que ameaçam mudar o mundo. O impossível não é improvável neste novo filme de um dos realizadores mais icónicos do cinema independente americano recente, Wes Anderson, que acabou de competir em Cannes - e chega agora às salas de cinema nacionais -, escrito em parceria com Roman Coppola e ambientado numa localidade fictícia do deserto norte-americano, palco da queda de um meteorito. Dá vida a esta obra, tão estilosa como espiritual, um elenco pujante e numeroso, composto por novos colaboradores do realizador texano (damos as boas-vindas a Tom Hanks e Scarlett Johansson) e os suspeitos de costume, como Jason Schwartzman ou Tilda Swinton.


Segundo Luís Miguel Oliveira, crítico de cinema do jornal Público, este "talvez seja o filme de Wes Anderson que melhor equilibra, desde a obra sobre Steve Zissou, o exibicionismo e o pudor" acrescentando, "Belíssimo". No cinema Medeia Nimas aproveita-se o mote para colocar esta obra do realizador "em contexto", exibindo duas das suas obras mais icónicas, sendo uma delas a referida acima - UM PEIXE FORA DE ÁGUA - e outra das mais recentes e, também, mais aclamadas - THE GRAND BUDAPEST HOTEL.


Formalista e pleno de emotividade, o cinema de Wes Anderson, que se afirmou único e incontornável no panorama do cinema independente americano das últimas décadas, é celebrado no cinema Nimas. Retornam agora a este nosso grande ecrã dois filmes representativos da evolução criativa do cineasta, pondo a sua obra "em contexto", na semana da Estreia Nacional do seu ASTEROID CITY, que se manterá em exibição!


Filme relacionado: