Estreia | RAPARIGAS de Pilar Palomero

Depois de ter conquistado quatro prémios Goya, naquela que foi uma estreia auspiciosa para a realizadora, RAPARIGAS chega esta quinta-feira, dia 3, às salas de cinema.

A ideia para RAPARIGAS surgiu de um manual escolar religioso de Pilar Palomero, aquando dos seus tempos num colégio conservador. A sua incredulidade quanto às matérias de ensino em 1992 suscitou o interesse em contar uma história com laivos biográficos. Protagonizado por um conjunto de jovens actrizes – Andrea Fandos, Natalia de Molina, Zoé Arnao e Julia Sierra – a acção do filme é minimalista, focando-se em Celia, que se encontra no limiar da adolescência, e descobre uma sede de viver em toda a sua glória multifacetada. Depois da chegada de uma nova rapariga – Brisa – a sua aceitação das doutrinas conservadoras, associadas a um ambiente absolutamente desprovido de cor e individualidade, muda. Enquanto, no grande ecrã, Celia e Brisa se mobilizam contra as figuras de autoridade e as suas estritas normas, atrás das câmaras o filme foi feito essencialmente por uma equipa de mulheres. 


Com dificuldades em acompanhar o anúncio da modernidade, é através de pequenos actos de rebelião que Celia e Brisa descobrem a adolescência. Tendo os Jogos Olímpicos de Barcelona e a Exposição Universal de Sevilha como pano de fundo, RAPARIGAS é um drama que aborda conflitos no seio da família e as pressões sociais de uma era ultrapassada, fruto dos anos mais negros do Franquismo. Palomero, cuja estreia foi auspiciosa e lhe valeu quatro prémios Goya (nas categorias de Melhor Realização, Melhor Argumento Original, Melhor Fotografia e Melhor Filme) admite que o filme “é uma reflexão digna de ser partilhada”. Afinal de contas, “até que ponto este tipo de educação segue o rasto da que foi dada aos nossos pais”? 


O filme encontra-se em exibição no Cinema Nimas (Lisboa), no Teatro Municipal Campo Alegre (Porto), no Teatro Académico de Gil Vicente (Coimbra), no Cinema Charlot (Setúbal), e no Centro de Artes e Espetáculos (Figueira da Foz).

Filme relacionado: