O Cinema Charlot – Auditório Municipal, em Setúbal, reabre a 8 de junho

Com lotação reduzida, distanciamento físico e, por ser espaço fechado, com a obrigatoriedade de uso de máscara para os espetadores, o equipamento municipal, dotado de 260 lugares, apresenta, ao longo de junho, sessões regulares de cinema às 21h30 e aos sábados e domingos também às 16h00.

Mosquito, segunda longa-metragem de João Nuno Pinto, com João Nunes Monteiro, Sebastian Jehkul, Filipe Duarte, Josefina Massango e Filipe Duarte no elenco, e que abriu o International Film Festival Rotterdam 2020, apresenta-se no Cinema Charlot – Auditório Municipal nos dias 8, 9 e 10.


Na semana seguinte, a 11, é a vez de Bacurau, o filme com que Kleber Mendonça Filho e de Juliano Dornelles venceram o Grande Prémio do Júri na edição de 2019 do Festival de Cannes, chegar à sala do Cinema Charlot, ficando em exibição até dia 17.


Ainda em junho, de 18 a 24, é a vez de Quarto 212, uma comédia de Christophe Honoré, com as atuações de Chiara Mastroianni, Benjamin Biolay, Vincent Lacoste, Kolia Abiteboul, Camille Cottin e Carole Bouquet.


Já entre os dias 25 de junho e 1 de julho, o Cinema Charlot – Auditório Municipal passa A Vida Invisível, realizado por Karim Aïnouz, com a participação das atrizes Julia Stockler, Carol Duarte e Flávia Gusmão, num enredo passado no Rio de Janeiro na década de 1940.


Os bilhetes custam 4,5 euros para o público em geral e 3,5 para estudantes, para detentores de cartão jovem e para pessoas com mais de 65 anos. A bilheteira do Cinema Charlot estará aberta a partir de 2 de junho para informações.  


Consultar programação completa.