Paulo Branco apresenta…

Este mês daremos início, no Cinema Medeia Nimas, ao programa PAULO BRANCO APRESENTA. O produtor fará uma série de breves apresentações de alguns dos filmes que produziu, que se prolongarão nos próximos tempos. Vai estar no Nimas para nos dar um testemunho do seu trabalho como produtor, para nos contar as histórias, aventuras e peripécias da produção de filmes que todos gostamos. Começamos este programa especial na próxima terça, às 21h30, na sessão do filme FEW OF US, de Sharunas Bartas, e continuamos no dia 13 de Outubro, às 21h15, com A CATIVA, de Chantal Akerman.

Com uma carreira de produtor com mais de quatro décadas e mais de 300 filmes produzidos, em Portugal e no estrangeiro, com realizadores como David Cronenberg, Wim Wenders, Raúl Ruiz, Werner Schroeter, Chantal Ackerman, Manoel de Oliveira, João César Monteiro, Pedro Costa, Alain Tanner, André Téchiné, Jacques Rozier, Olivier Assayas, Sharunas Bartas, Mathieu Amalric, Philippe Garrel ou Christophe Honoré, entre muitos, muitos outros, oriundos de várias cinematografias, Paulo Branco trabalhou também com centenas de actores, tais como John Malkovich, Catherine Deneuve, Marcello Mastroianni, Jeanne Moreau, Fanny Ardant, Juliette Binoche, Isabelle Huppert, Bruno Ganz, Michel Piccoli, Gérard Depardieu, Anna Karina, Jean-Pierre Léaud, Robert Pattinson, Louis Garrel, Léa Seydoux, Luis Miguel Cintra, Isabel Ruth, Leonor Silveira, ou com míticos directores de fotografia, como Henri Alekan e Raoul Coutard.


Para além de um currículo ímpar, Paulo Branco sempre privilegiou a liberdade criativa, a espontaneidade e a invenção, o escape às convenções, o risco. Sente e sabe que cada filme tem um ritmo próprio, e por isso desenvolveu projectos que foram decididos com os realizadores num almoço e rodados em poucas semanas e outros que necessitaram de anos para finalmente verem a luz na altura certa. O seu trabalho continua depois do filme concluído, desenvolvendo uma ampla estratégia para que esse filme tenha visibilidade e para que esse filme se mantenha vivo na memória de todos (a presença nos festivais de cinema - é seguramente o produtor que a nível mundial mais obras teve nos festivais mais importantes, entre eles Cannes e Veneza, onde chegou a ter, no mesmo ano, vários filmes produzidos por si - e, posteriormente, a sua estreia em sala, em Portugal e no mundo, são disso exemplos).


Paulo Branco é um dos mais importantes produtores europeus das últimas décadas e continua o seu trabalho com o mesmo entusiasmo, com vários projectos e filmes em produção.


Vemos-nos no Nimas?

Filme relacionado: