Sessão especial | Mr. Klein – Um Homem na Sombra – com apresentação de Irene Pimentel

Irene Pimentel é a convidada da sessão especial de hoje. A historiadora marca presença esta noite no Cinema Medeia Nimas para apresentar a sessão de MR. KLEIN – UM HOMEM NA SOMBRA, de Joseph Losey, às 19h30.

«É a voz de Alain Delon que primeiro “vemos”, é o seu som que configura o espaço de uma casa: Monsieur Klein. Como se uma existência física se tivesse desmaterializado e pudesse agora estar em todo o lado. Duplicar-se até. É com a voz que começamos a perceber que Robert Klein lucra com as obras de arte dos judeus que em 1942 vendiam tudo para arranjar o dinheiro que os pusesse a salvo da Paris dos alemães.

Monsieur Klein foi o filme que Delon escolheu para ser projectado na homenagem que Cannes lhe fez em 2019. Escolha adequadíssima. Talvez seja a coroa de glória de uma carreira, tinha ele 41 anos, assente num narcisismo que não recuava perante nada. E neste filme, a relação com os espelhos que tanto fascinou Losey não tem travão, é uma declinação terminal.» Vasco Câmara, Público


Primeiro filme francês de Joseph Losey e uma das suas obras maiores, Mr. Klein é, segundo o realizador, “uma fábula em forma de aviso”. Klein (Alain Delon, num dos seus melhores papéis) é um negociante de arte oportunista, que se aproveita da Ocupação comprando ao desbarato peças preciosas aos judeus em fuga, até ao momento em que a sua própria identidade é posta em causa, quando é confrontado com a existência de um “outro” Robert Klein, um judeu procurado pela polícia. Neste filme, que é também uma análise do estado policial e uma viagem pelos labirintos da culpa individual e colectiva, que pôs o dedo na ferida sobre o que se passou em França durante a Ocupação, Mr. Klein é um “Sr. Quase-Toda-a-Gente”, que não quer ver, que não quer compreender, aquele que tornou possíveis e as grandes atrocidades do século XX.

Filme relacionado: