Três Cores: Azul de Krzysztof Kieslowski
Trois couleurs: Bleu
1993 - França - Data de estreia: 03-12-2015
Com: Juliette Binoche, Benoît Régent, Florence Pernel, Charlotte Véry

Após a morte do seu marido Patrice, um grande compositor, e da sua filha Anna, num acidente de viação, Julie decide começar uma nova vida, anónima e independente, livre de quaisquer compromissos, sentimento de pertença ou amor. Olivier, o assistente de Patrice, apaixonado por Julie, tenta sair do isolamento em que vive, após terminar o trabalho inacabado de Patrice, o marido de Julie.

“Um conto brilhantemente idealizado”  
Derek Malcolm, The Guardian

Festivais e Prémios:

Festival de Veneza 1993 – Leão de Ouro para Melhor Filme, Melhor Cinematografia, Melhor Actriz, Melhor Realização  
Golden Globes 1994 – Nomeação  para Melhor Filme Estrangeiro, Melhor Actriz – Drama, Melhor Música Original
Prémios César 1992 – Melhor Actriz, Melhor Montagem, Melhor Som
Festival de Chicago 1993 – Prémio Especial do Júri
Prémios Goya 1994 – Melhor Filme Europeu

Biografia do realizador:

Krzysztof Kiéslowski foi um dos mais importantes realizadores polacos das últimas décadas. Conhecido internacionalmente por filmes como “A Dupla Vida de Veronique” ou a sua trilogia das cores, composta por “Azul”, protagonizada por Juliette Binoche “Branco”, com Julie Delpy no principal papel e “Vermelho”, que conta com Irène Jacob no principal papel. “Decálogo”, a sua série de dez episódios de 1989, é outra das obras que o tornaram num cineasta de referência. Durante a sua carreira venceu alguns dos prémios mais importantes do panorama mundial, como o Grande Prémio do Júri no Festival de Cannes ou o Leão de Ouro e foi considerado pela revista Sight & Sound um dos Dez Melhores Realizadores Modernos.

Info:

Género: Drama
Duração: 98 min
Classificação: M/12

Ficha Técnica:

Realização - Krzysztof Kieslowski
Argumento - Krzysztof Kieslowski, Krzysztof Piesiewicz
Director de Fotografia - Slawomir Idziak
Montagem - Jacques Witta
Produção - Marin Karmitz