Marighella

de Wagner Moura

com Seu Jorge, Adriana Esteves e Bruno Gagliasso

  • Marighella | 
  • 155 min | 
  • 2019 | 
  • estreia 20.05.2021

sinopse

Adaptação do livro "Marighella - O Guerrilheiro Que Incendiou o Mundo" de Mário Magalhães, MARIGHELLA baseia-se nos últimos cinco anos de Carlos Marighella, ex-deputado, poeta e guerrilheiro brasileiro, que durante a ditadura militar liderou um dos maiores movimentos de resistência ao governo da época. 


"É maoísta, trotskista ou leninista?" Carlos Marighella só tem uma resposta para esta questão de um jornalista francês: "Sou brasileiro". Depois do golpe de Estado que derrubou um governo legitimamente eleito em 1964 e pôs uma ditadura militar no poder, Marighella conduz à resistência armada um grupo de jovens homens e mulheres. Este filme acompanha a sua vida entre 1964 e a sua morte violenta, em Novembro de 1969. As suas tentativas para convencer a população da necessidade da insurreição esbarram contra a omnipotência do Estado opressor, que faz tudo ao seu alcance para marginalizar a resistência. O empenho de Marighella em lutar pela dignidade e pela justiça leva à violência e ao terror. Pouco tarda para que Marighella seja visto como o inimigo público nº 1. Um grupo de comandos chefiados por um brutal agente da polícia chamado Lúcio não pára de o perseguir. 

  • 2019 | 
  • Drama | 
  • Longa-metragem | 
  • 155 min | 
  • Brasil

estreia 20.05.2021

festivais e prémios

Festival de Berlim - Fora de Competição

Lisbon & Sintra Film Festival - Fora de Competição

biografia do realizador

Jornalista de formação, Wagner Moura estreou-se no teatro com a peça A Máquina em 2000. No mesmo ano, depois de participar em duas curtas-metragens, estreou-se no cinema com um pequeno papel no filme SABOR DA PAIXÃO com Penélope Cruz. Seguiram-se outras participações em filmes

como ABRIL DESPEDAÇADO de Walter Salles, AS TRÊS MARIAS de Aluízio Abranches, DEUS É BRASILEIRO de Cacá Diegues, NINA de Heitor Dhalia, O HOMEM DO ANO de José Henrique Fonseca e O CAMINHO DAS NUVENS de Vicente Amorim.
Moura não deixou de marcar presença na televisão, onde participou de séries e novelas. Em 2007, Moura interpretou o impetuoso e polémico Capitão Nascimento em TROPA DE ELITE de José Padilha. O filme obteve grande visibilidade dentro e fora do Brasil e foi premiado com o Urso de Ouro de Melhor Filme no Festival de Berlim. Moura voltaria a dar vida a Nascimento, promovido à Coronel, em TROPA DE ELITE 2. Após ser muito sondado por produtores estrangeiros, Wagner Moura fez sua estreia em uma grande produção de Hollywood ELYSIUM (2013). Em 2018, estreia-se na realização com o filme MARIGHELLA, apresentado Fora da Competição no Festival de Berlim, com o actor e cantor Seu Jorge no papel principal. Enquanto Embaixador da Boa Vontade da Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas, apoia a campanha mundial para acabar com a escravidão moderna.

ficha técnica

Seu Jorge

Adriana Esteves

Bruno Gagliasso