Roma, Cidade Aberta

de Roberto Rossellini

com Anna Magnani, Aldo Fabrizi, Marcello Pagliero

  • Roma, Città Aperta | 
  • 100 min | 
  • M/12 | 
  • 1945 | 
  • estreia 26.03.2015

sinopse

Enquanto Roma é ocupada pelos Nazis, cruzam-se histórias de vida. Entre as personagens, encontram-se Pina, Francesco e Manfredi, líder do movimento da resistência romana. O padre Pietro ajuda a resistência, transmitindo as suas mensagens e auxiliando o movimento financeiramente. A Gestapo captura o padre e interroga-o, tentando convencê-lo a trair a sua causa. Roma, Cidade Aberta é considerado um exemplo fulcral do Neo-realismo, formando juntamente com Paisà - Libertação e Alemanha, Ano Zero a chamada “Trilogia Neo-realista”.

  • 1945 | 
  • Drama | 
  • Longa-metragem | 
  • 100 min | 
  • M/12 | 
  • Itália

estreia 26.03.2015

festivais e prémios

Festival de Cannes, 1946 – Grande Prémio do Festival

Óscares, 1947 – Nomeação para Melhor Argumento

ficha técnica

Anna Magnani

Aldo Fabrizi
Marcello Pagliero


Realização - Roberto Rossellini

Argumento - Sergio Amidei, Federico Fellini, Roberto Rossellini

Director de Fotografia - Ubaldo Arata 
Montagem - Eraldo Da Roma
Música - Renzo Rossellini
Produção - Cinecitta Luce, CSC – Cineteca Nazionale, Cineteca di Bologna e Coproduction Office
Distribuição - Leopardo Filmes