Um Corpo Que Dança – Ballet Gulbenkian 1965-2005

de Marco Martins

  • Um Corpo Que Dança – Ballet Gulbenkian 1965-2005 | 
  • 2h 07min | 
  • M/12 | 
  • 2022 | 
  • estreia 16.06.2022

sinopse

19 JUNHO, 21h. Conversa com o realizador e o coreógrafo Rui Horta


A história de um país contada através da história de uma das suas grandes companhias de dança. É esta a proposta que Marco Martins nos apresenta no seu novo documentário, que acompanha o Ballet Gulbenkian desde a sua fundação em 1965, ainda num país sob ditadura, até à sua extinção, em 2005. O movimento do corpo é aqui também o movimento de um Portugal que emerge do Estado Novo e que passa por anos de profunda transformação, alguma instabilidade e finalmente a abertura ao exterior. O Ballet Gulbenkian procurava neste período a sua verdadeira voz, e encontrou-a em Jorge Salavisa, o primeiro director artístico português da companhia, uma figura revolucionária que a projectou a nível nacional e internacional. O próprio filme, realizado a convite da Fundação Calouste Gulbenkian, era algo que Salavisa, director artístico durante 19 dos 40 anos da companhia, tinha já sonhado.


Criado a partir de imagens de arquivo inéditas e entrevistas a vários dos seus directores artísticos, entre os quais o próprio Salavisa, Vasco Wellenkamp, Paulo Ribeiro ou Milko Sparemblek, bem como a outras figuras incontornáveis da dança e das artes do espectáculo em Portugal, como Olga Roriz, Ricardo Pais, João Fiadeiro, Vera Mantero, Isabel Ruth e Clara Andermatt, Um Corpo Que Dança – Ballet Gulbenkian 1965-2005, faz um perfeito pas de deux entre os corpos que dançaram e o país que os viu dançar.

  • 2022 | 
  • Documentário, Dança | 
  • Longa-metragem | 
  • 2h 07min | 
  • M/12 | 
  • Portugal

estreia 16.06.2022

próximas datas