Homenagens felinas no Cinema Nimas

A partir desta quinta-feira entra em circuito mais um dupla de filmes do ciclo O "Roman Porno" da Nikkatsu: o clássico NOITES FELINAS EM SHINJUKU (1972), de Noboru Tanaka, e a respectiva homenagem O ALVORECER DAS FELINAS (2016), de Kazuya Shiraishi.

Descrito por Toshio Takasaki como o auge formal do género, e inspirado em A Rua da Vergonha de Mizoguchi, NOITES FELINAS EM SHINJUKU é a obra-prima de Noboru Tanaka, um dos quatro grandes nomes do início do “Roman Porno”. O espírito dos anos 70 no Japão é aqui representado com um olhar sensual e político através das vidas das mulheres prostitutas do bairro de Shinjuku, entre o trabalho, as saídas com as amigas, e as suas relações de amor e sedução.


Por seu turno, um filme desafiante que presta homenagem a Noites Felinas em Shinjuku (1972), o “Roman Porno” de Noboru Tanaka, O ALVORECER DAS FELINAS retrata a vida de três escort girls que trabalham para o mesmo patrão no bairro de Ikebukuro, em Tóquio. Os seus passados são diversos e complexos, assim como as suas razões para trabalhar como acompanhantes, mas todas sentem profundamente a solidão da sua vida urbana. Shiraishi retrata-as como num documentário, dando ênfase às emoções fortes e controversas de ódio, aversão e intriga, que se misturam paradoxalmente na energia com que procuram o amor e a felicidade. Uma sátira às dificuldades que as mulheres enfrentam na pobreza e aos problemas sociais do Japão, O ALVORECER DAS FELINAS descreve uma sociedade moderna de um ponto de vista jornalístico e com preocupações sociais.