Quarentena Cinéfila Medeia Filmes – Raridades – 4ª Fase

A reabertura das salas de cinema está agendada para 19 de Abril. Continuamos, por isso, a programação na nossa sala de cinema durante a quarentena, em medeiafilmes.com, com o programa Raridades, uma colaboração entre a Medeia Filmes e a Leopardo Filmes.


Estes são os filmes da 4ª fase desse programa, que disponibilizaremos aos espectadores que nos acompanham, de 18 de Março a 1 de Abril, em streaming gratuito: LABIRINTO INFERNAL, de Luis Buñuel; O RIO, de Emir Baigazin; O BOSQUE DOS QUINCÔNCIOS, de Grégoire Leprince-Ringuet; HELENA E OS HOMENS, de Jean Renoir.


LABIRINTO INFERNAL, de Luis Buñuel, disponível a partir de 18 de Março, é uma produção franco-mexicana, que adapta o conto homónimo de José-André Lacour, e teve como co-argumentista o grande escritor francês Raymond Queneau. Protagonizado por Simone Signoret, na altura no auge da sua carreira, e Michel Piccoli, que se tornaria a partir daqui um grande amigo de Buñuel e actor frequente nos seus filmes, este é um filme de «"aventuras na selva" que Buñuel encena como uma paródia amarga sobre as indignidades da natureza humana.» (Inês N. Lourenço, DN).


Em seguida, veremos O RIO, do cazaque Emir Baigazin, prémio Melhor Filme em competição na edição de 2018 do LEFFEST, e Melhor Realizador na secção Orizzonti da Mostra de Veneza. Um rapaz chamado Aslan, que vive com o pai e os irmãos num lugar inóspito do Cazaquistão (a fotografia do filme, de que o próprio Baigazin se encarregou, é belíssima), vê as suas rotinas viradas do avesso com a inesperada visita de um primo vindo da cidade…  Um filme intenso, surpreendente, hipnótico.


Segue-se O BOSQUE DOS QUINCÔNCIOS, primeira obra atrás da câmara do actor Grégoire Leprince-Ringuet, também actor no filme. Produzido por Paulo Branco, O Bosque dos Quincôncios integrou a Selecção Oficial do Festival de Cannes em 2016 . Conto romântico e onírico, escrito em versos alexandrinos, singular, audacioso e delicado, teremos ainda o prazer de lá ouvir os Feu! Chatterton e ver em cena Arthur, o cantor da banda parisiense que acaba de lançar novo e sublime disco.


Por último, assistiremos a HELENA E OS HOMENS, de Jean Renoir, filme de amores cruzados, “o mais mozartiano dos filmes de Renoir”, dizia Godard, com perseguições e um permanente cruzamento de personagens. E uma esplendorosa Ingrid Bergman no papel de Helena, jovem viúva de um príncipe polaco, à volta da qual tudo gira e a única razão pela qual o filme existe, como Renoir confessou em entrevista a Jacques Rivette.


A 4ª Fase da Quarentena Cinéfila arranca dia 18 de Março, mas até lá será possível ver gratuitamente dois dos filmes da 3ª: CARNEIROS, de Grímur Hákonarson (de 11 a 15 de Março) e MOVIMENTO EM FALSO, de Wim Wenders (de 15 a 18 de Março).


A partir de 18 de Março

LABIRINTO INFERNAL (1956), de Luis Buñuel

Depois de ser anunciado que o Governador proibiu a exploração de diamantes, os mineiros revoltam-se e exigem ser recebidos por ele, mas são detidos pelo exército. Chark, aventureiro oriundo de uma aldeia vizinha, chega em pleno tumulto. Torna-se amigo de Castin, um mineiro que sonha abrir um restaurante em Marselha; do padre Lizzardi, que tenta acalmar os ânimos; e de Djin, a prostituta que dorme com Chark antes de o denunciar à polícia. Chark foge da prisão e envolve-se na revolta dos mineiros. Perseguidos, Chark e o seu grupo aventuram-se selva adentro. Esgotado, o grupo autodestrói-se, e só Chark se salva, fugindo com a filha surda-muda de Castin.

Com Georges Marchal, Simone Signoret, Charles Vanel, Michel Piccoli

Disponível a partir das 12:00h de dia 18 de Março até às 11:59h de dia 22


A partir de 22 de Março

O RIO (2018), de Emir Baigazin

Uma família de cinco filhos vive numa aldeia remota do Cazaquistão. O mais velho e mais honesto, Aslan, torna-se o representante do pai e responsável de todo o trabalho, delegando tarefas aos irmãos mais novos. Contudo, a vida doméstica muda subitamente quando um misterioso visitante, Kanat, chega à vila e mostra às crianças o seu tablet e jogos de computador. A intrusão súbita do mundo moderno traz corrupção, tentação e mentira e, de repente, Kanat torna-se o novo líder. Até que, um dia, Aslan leva Kanat consigo até ao rio e o rapaz da cidade desaparece.

Com Zhalgas Klanov, Eric Tazabekov, Zhasulan Userbayev, Ruslan Userbayev, Bagdaulet Sagindikov

Disponível a partir das 12:00h de dia 22 de Março até às 11:59h de dia 25


A partir de 25 de Março

O BOSQUE DOS QUINCÔNCIOS (2016), de Grégoire Leprince-Ringuet

Ondine e Paul amam-se. Mas quando ela o abandona, Paul jura que não voltará a amar. Para o provar a si mesmo, persegue a bela Camille, que conta seduzir e depois afastar-se. Mas Camille enfeitiça Paul, que deseja só para ela. E à medida que sucumbe ao encanto de Camille, Paul confronta-se com a recordação do seu antigo amor.

Com Grégoire Leprince-Ringuet, Pauline Caupenne, Amandine Truffy, Thierry Hancisse

Disponível a partir das 12:00h de dia 25 de Março até às 11:59h de dia 29


A partir de 29 de Março

HELENA E OS HOMENS (1956), de Jean Renoir

Helena, a jovem viúva de um príncipe polaco, vem viver para Paris julgando poder obter o maior sucesso junto dos homens. Uma vez este objectivo alcançado, abandona-os.

Decide assim vir a ser a "musa" do general Rollan, o ministro de guerra, que será empurrado para um golpe de estado pelos seus oficiais. Mas um deles, o Conde de Chevincourt, igualmente apaixonado por Helena, faz abortar a conspiração ganhando o seu amor. Preso, Rollan consegue fugir graças à intervenção de Helena.

Com Ingrid Bergman, Jean Marais, Mel Ferrer, Jean Richard

Disponível a partir das 12:00h de dia 29 de Março até às 11:59h de dia 1 de Abril